Pós-cirurgia bariátrica e o consumo de bebida alcoólica: Entenda a recomendação

Quando falamos em bariátrica, logo nos lembramos dos tantos benefícios que o procedimento pode oferecer para quem sofre com a obesidade. No entanto, também não podemos nos esquecer dos cuidados que são necessários antes e pós-cirurgia bariátrica.

A cirurgia bariátrica é um procedimento com potencial de mudar positivamente a vida do paciente sob diversos aspectos, não apenas quanto à sua aparência, como também no que diz respeito à sua saúde e autoestima.

Mas, para que isso seja possível, é preciso fazer algumas mudanças e adotar um novo estilo de vida. A seguir, compreenda as recomendações quanto ao consumo de bebidas alcoólicas no período pós-cirurgia bariátrica.

Os riscos do consumo de bebida alcoólica pós-cirurgia bariátrica

Apesar das inúmeras vantagens, a cirurgia bariátrica, para trazer os resultados esperados no longo prazo, demanda comprometimento do paciente.

Além de uma alimentação saudável, prática de exercícios físicos e outras mudanças em relação a fatores psicológicos, é preciso atentar-se também quanto à ingestão de bebidas alcoólicas.

O consumo de álcool não é permitido nos primeiros seis meses pós-cirurgia bariátrica, mas esse tempo pode variar de acordo com o paciente e as instruções do médico. Isso acontece porque o álcool pode danificar as mucosas do estômago e do intestino, além de reduzir a absorção de nutrientes tão importantes nessa nova fase.

Depois desse período, quando ocorre uma readaptação do aparelho digestivo, a bebida alcoólica geralmente é liberada, porém não é recomendada, já que, além dos demais fatores, existe uma concentração intensa de calorias e gás, o que pode dificultar o processo de emagrecimento. Por esse mesmo motivo, assim como a cerveja, os refrigerantes também não são indicados.

Aumento do consumo de bebida alcoólica pós-cirurgia bariátrica

O problema com álcool atinge, em média, 25% dos pacientes e seu uso abusivo no período pós-operatório é a principal causa da recidiva (reganho de peso). 

Apesar das contraindicações, é relativamente comum os pacientes submetidos à cirurgia bariátrica aumentarem o consumo de bebidas alcoólicas após o processo. Entre as principais condições para que isso aconteça, podemos destacar a compensação de calorias, ou seja, a pessoa imagina que após ter emagrecido pode beber à vontade e acaba “contornando” as restrições alimentares impostas. Outro fator desencadeador é que, com a cirurgia, o paciente sente-se mais à vontade para ter uma vida social mais movimentada. E isso, por vezes, vem associado ao consumo de álcool.

Por tudo isso, os pacientes que passaram por uma cirurgia bariátrica devem se conscientizar de que a obesidade é uma doença crônica. Por isso, caso ele não se controle, não mude seus hábitos e não faça um acompanhamento médico rigoroso, o reganho de peso pode ser inevitável.

Quer saber mais informações sobre o pós-operatório da cirurgia bariátrica? Então, baixe o nosso guia pós-operatório. Até a próxima.

48 comments on “Pós-cirurgia bariátrica e o consumo de bebida alcoólica: Entenda a recomendação

  1. Entre em contato com o Instituto e vamos conversar. Precisamos conhecê-la para poder ajudá-la.

  2. Olá, Tatiana. Entre em contato conosco. Temos certeza que, de alguma forma, podemos ajudá-la.

  3. A pessoa que fez barriatrica fica mais fraca pra beber , o álcool sobe muito mais rápido fazendo eles perde a consciência e causado danos psicológico.

  4. Os últimos estudos demonstram que a cirurgia não aumenta o risco ao alcoolismo exceto naqueles que já tinham histórico de abusos com o alcool em pre-operatório. No entanto, o metabolismo do alcool e sua absorção são modificados com a nova anatomia construída pelo cirurgião, podendo torná-lo mais sensível aos efeitos do alcool.

  5. Olá, Ângela! Você deve entrar em contato com a equipe para orientações clínicas. Estamos à disposição para atendê-la.

  6. Quando fiz a bariátrica, não estava excessivamente obesa, regime podia resolver,mas fui impaciente, agora estou magra demais,a perda de peso foi agressiva,estou horrível, aparência de dar vergonha, não quero nem sair de casa, não quero que muitas pessoas me vejam, escondo principalmente daquela sem educação e não tem papas na língua para acabar de ti jogarem mais pra baixo ainda.
    Em fim não consigo comer muito mas como quase de hr em hr,mas pouco e não consigo ganhar peso,quero ganhar 20kg,estou horrível,o que faço?

  7. Olá! É importante que faça acompanhamento com a equipe transdisciplinar. Agende uma consulta. A equipe pode investigar e orientá-la.

  8. Olá! O ideal é não ingerir bebida com gás, mas a partir do sexto mês. Pode sanar todas as dúvidas com a equipe transdisciplinar.

  9. Olá, Ana Flavia!

    Tudo bem?

    O ideal seria buscar por um profissional que possa orientar melhor a sua filha e a família, quais as melhores soluções nesse caso específico.

    Estimamos que tudo ocorra bem.

    Atenciosamente,

    Equipe de Comunicação.

  10. Esta é a duvida de todo Bariátrico.. não que eu necessite.. mas como sempre tomei minha cervejinha aos finais de semana.. sinto esta vontade.. ja estou com mais de 4 meses de cirurgia.. não que eu vá beber muito.. mas se eu quiser beber uma ou duas taças de cerveja, ou alguma bebida destilada, ou uma taça de vinho!! pode dar algum problema? Problema do tipo ir para o hospital???

  11. Olá, Rubens! Tudo bem?

    Agradecemos o seu contato.

    Nesse caso, o ideal é consultar o seu médico. Ele já acompanha o seu quadro e saberá dizer se há algum risco no consumo de álcool. Ou no caso de estar liberado, ele dirá a quantidade adequada.

    Atenciosamente,

    Equipe de Comunicação.

  12. Tenho mais de três anos de operada , engordei 10 kg e sei que foi por causa da bebida, preciso de ajuda..

  13. Olá, Patrícia. Tudo bem?

    Agradecemos o seu contato.

    Nesse caso, sugerimos que entre em contato com o seu médico ou agende uma avaliação conosco. Você pode agendar uma consulta por meio do telefone: 11 3046-9393.

    Aguardamos o seu contato!

    Atenciosamente,
    Equipe de Comunicação.

  14. Olá, Dedê.

    Como vai?

    Nestes casos, sempre indicamos que busque o suporte de um especialista para buscar a melhor solução.

    Estimamos que supere este momento!

    Atenciosamente,

    Equipe de Comunicação.

  15. Boa noite,
    Eu fiz a bariátrica em janeiro de 2020, em 1 ano emagreci 24 kilos, era o ideal pra me mim, mas aí tive algum stress na minha vida e emagreci mais 10 kilos em pouco tempo, amo tomar uma cerveja, mas esqueço de tudo o que falo . E também não tenho mais fome, consigo comer quase nada, o que devo fazer??

  16. Olá, Noemi!

    Como vai?

    Sugerimos que agende uma consulta com o cirurgião que te acompanha para que possam analisar o que está causando essas alterações e iniciar um tratamento para soluciona-las.

    Estamos à disposição!

    Atenciosamente,

  17. Por favor ,estou preocupado fiz bariátrica a 2 meses ,mas acabei tomando cervejas e o pessoal vieram me falar q poderia ter fístula , não estou sentindo nada ,mas estou com medo

  18. Olá, Ronei!

    Como vai?

    Agradecemos o seu contato.

    Bebidas alcoólicas não são recomendadas antes dos primeiros 6 meses. Mesmo após este período, o consumo deve ser feito de forma moderada.

    Sugerimos que busque pela orientação do seu cirurgião.

    Atenciosamente,

    Equipe de comunicação.

  19. Olá, Lidia!

    Como vai?

    Agradecemos o seu contato.

    O ideal é que o paciente bariátrico não consuma bebida alcoólica alguma.

    Mas na ocasião de consumir, a melhor opção é aquela que é ingerida em menor dose.

    Atenciosamente,

    Equipe de Comunicação.

  20. Eu operei fazem 4 anos.. eu não bebia nada de álcool antes da cirurgia. Hj amo uma cerveja , caipirinha.. sinto falta.. mas vejo que está afetando muitas coisas.. principalmente meu relacionamento com meu esposo.. queria demais parar . Mas tá difícil..

  21. Eu estava com peso de 136 kg quando operei, 1.69 de altura.
    Hj com 75 kg , sinto muito desconforto principalmente a flacidez dos meus braços .
    O que devo fazer?

  22. Olá, Mariane!

    Como vai?

    Agradecemos o seu contato.

    Para casos como este, sugerimos que busque orientação de um psicólogo para possível acompanhamento.

    Nossa clinica parceira, Obesimed, realiza este tratamento clínico. https://obesimed.com.br/

    Atenciosamente,

    Equipe de Comunicação.

  23. Olá, Mariane!

    Como vai?

    Agradecemos o seu contato.

    Uma cirurgia de remoção do excesso de pele pode ser uma solução para este seu desconforto. Para isso, sugerimos que busque pela orientação de um cirurgião especialista da área.

    Atenciosamente,

    Equipe de Comunicação.

  24. Estou namorando a quase 1 ano, fui descobrindo a vida da minha namorada aos poucos, ela é 6 anos mais velha do que eu, não importo com isso, mas só enfatizei, pelo fato de não ver maturidade nela, descobri durante o rolar do nosso relacionamento, que ela fez no passado, não sei quando exatamente, uma bariátrica, além de um linfoma, e eu me preocupo muito pois quando ela está na minha casa, bebe muito, bastante vinho, se deixar ela bebe sozinha umas 3 ou 4 garrafas, quando tem cerveja, pois eu tbm gosto de tomar tanto cerveja quanto vinho, ela bebe sem limites, pede escondido nos deliverys e isso está me assustando, ela não tem limites e quando falo, ela se irrita e acabamos brigando. Não quero terminar, gosto muito dela, mas fico com medo do futuro, se é que teremos um.

  25. Olá, Wagner!

    Como vai?

    Agradecemos o seu contato.

    O ideal nestes casos, é buscar suporte de uma equipe especializada em cirurgia bariátrica. Que também ofereça apoio psicológico e psiquiátrico.

    Estamos à disposição!

    Atenciosamente,

    Equipe de Comunicação.

  26. Não consigo entender como que as pessoas bariatricas bebem tanto. Pois se a absorção do álcool é mais rápida e a embriaguez tb como que as pessoas bariatricas bebem tanto?

  27. Boa tarde, Lorena!

    Como vai?

    Agradecemos o seu contato.

    O estomago do paciente Bariátrico após a cirurgia, perde uma delimitação que segura o alimento no estomago antes de se eliminado. Então da mesma maneira que ele enche muito rápido, ele perder muito rápido também. Líquidos passam diretamente pelo estomago, deixando mais espeço disponível para mais e mais álcool.
    Muitas vezes o paciente não percebe que está embriagado por conta disso, pois quando se dá conta, já está em um estagio avançado da embriagues.

    Caso tenha qualquer dúvida ou necessidade, estamos inteiramente à disposição!

    Atenciosamente,

    Equipe de Comunicação.

  28. Uma pessoa que já está com aproximadamente 7 meses de cirurgia pode beber e não ficar embreagado, sem efeito do álcool??? Ou ela apenas não percebe??

  29. Juliano,
    Boa tarde! Tudo bom?

    Com a redução do estômago e o desvio do intestino realizados durante a cirurgia, ocorre alteração na absorção do álcool. Isso é desencadeado em razão do estômago se esvaziar com mais rapidez do que antes da cirurgia, e assim o intestino absorve o álcool de uma forma mais acelerada do que é considerado normal. Após a cirurgia, a ação da enzima que metaboliza o álcool acaba sendo muito menor, além de um outro fator que é a pouca ingestão de comida que pessoas operadas acabam tendo, ajudando nos picos mais elevados do álcool no sangue.
    E por isso, é comum realmente não perceber a embriaguez. A recomendação é evitar o consumo de álcool, e quando consumir, sempre procurar por bebidas com menor teor de álcool e em pouca quantidade.

    Atenciosamente,
    Equipe de Comunicação.

  30. Boa tarde, Cristina!
    Tudo bom?

    Recomendamos que retorne com o acompanhamento de uma equipe transdisciplinar e assim, ser melhor assessorada.

    Qualquer dúvida, entre em contato com o Instituto de Medicina Sallet pelo telefone: (11) 3046-9393

    Atenciosamente,
    Equipe de Comunicação.

  31. Bom dia, eu sou operada de bariátrica a 12 anos, consegui manter o peso eliminado, porém ainda tenho dificuldade com alguns alimentos, tipo arroz. Não tenho e não adiquiri o vício pela bebida, graças a Deus, mas gostaria de saber porque quando tomo uma cerveja junto com alimento tenho uma dor de barriga imensa e diarréia.

  32. Bom dia, Sra. Suely!

    Tudo bom?

    Essa dificuldade com o arroz pode ser sensibilidade ao trigo, verifique se possui algum desconforto com outros alimentos também como: farinha, farelo de trigo, aveia, biscoitos e pães feitos com farinha de trigo, etc. Para receber um diagnóstico, procure um profissional de saúde, que poderá orientar sobre os exames a serem feitos.

    Nos pacientes bariátricos a absorção do álcool é mais rápida e os efeitos tóxicos do álcool serão mais potentes depois da cirurgia. Dos prejuízos causados pela ingestão de bebida alcoólica destaca-se a irritação da mucosa gástrica, interferindo na digestão dos alimentos;
    Sobrecarrega o fígado, que precisa alterar a produção de enzimas para metabolizar;
    Compromete o metabolismo energético e destoxificação realizada pelo fígado; Acidifica o intestino desequilibrando a microbiota intestinal levando a disbiose, o que pode causar desconfortos abdominais e diarréria.

    Atenciosamente,
    Equipe de Comunicação

  33. Boa tarde
    Meu filho fez a cirurgia bariátrica há 6 anos e ultimamente está alcoólatra, não está trabalhando. Se reverter a cirurgia volta a ser como era antes???
    Grata

  34. Boa tarde, Dinalva!

    Tudo bom?

    A cirurgia não causa o alcoolismo, mas é fator de risco. Outras variáveis podem desencadear o transtorno por uso de álcool. O ideal é que ele faça avaliação psiquiátrica e acompanhamento psicológico.

    Estamos disponíveis para atendimento através do telefone: (11) 3046-9393.

    Atenciosamente,
    Equipe de Comunicação.

  35. Olá,

    Sou operada há 13 anos,perdi peso no primeiro ano mas voltei a engordar ,além de tomar muita cerveja,coisa que não gostava antes.Bebo muito mesmo e sei que isso está me prejudicando. Há uns 3 dias tenho defecado com sangue,estou com medo,fora a fome que derrepente voltei a sentir.Preciso de ajuda.

  36. Boa tarde, Claudia!

    Tudo bom?

    Tanto o reganho de peso quanto a questão da ingesta de bebida alcóolica possuem tratamento e solução.

    É necessário que busque uma equipe especializada para te avaliar e iniciar o tratamento que será indicado de acordo com sua necessidade.

    Estamos disponíveis para maiores informações no telefone: (11) 3046-9393.

    Atenciosamente,
    Equipe de Comunicação.

  37. Eu bebi vinho com 60 dias de bariatrica mais só foi um dia qual as consequências que pode causar com meu deslisio mim ajudar

  38. Bom dia, Luane.

    Tudo bom?

    O consumo de álcool não é permitido nos primeiros seis meses pós-cirurgia bariátrica, isso porque o álcool reduz a absorção de nutrientes tão importantes nessa nova fase.

    Depois desse período, quando ocorre uma readaptação do aparelho digestivo, a bebida alcoólica geralmente é liberada, porém não é recomendada, já que, além dos demais fatores, existe uma concentração intensa de calorias e gás, o que pode dificultar o processo de emagrecimento.

    É importante que siga todas as recomendações rigorosamente para evitar possíveis complicações.

    Estamos disponíveis para maiores informações e esclarecimentos no telefone: (11) 3046-9393.

    Atenciosamente,
    Equipe de Comunicação.

  39. Boa tarde!! Fiz minha bariátrica em janeiro de 2020, e amo uma cerveja, porém depois de alguns latinhas não lembro nada no outro dia..o que devo fazer, não consigo parar de beber.

  40. Bom dia, Noemi.

    Tudo bom?

    Após a cirurgia bariátrica, a absorção do álcool é mais rápida, o que acelera a embriaguez, mesmo com a ingestão de pequenas quantidades.

    A recomendação é para que, após o procedimento, o paciente bariátrico fique, no mínimo, seis meses sem ingerir álcool, isso porque o álcool reduz a absorção de nutrientes. Depois desse período, quando ocorre uma readaptação do aparelho digestivo, a bebida alcoólica geralmente é liberada, porém não é recomendada, já que, além dos demais fatores, existe uma concentração intensa de calorias e gás, o que pode dificultar o processo de emagrecimento. Procure consumir apenas de modo esporádico, e até 1 dose da bebida.

    Estamos disponíveis para maiores informações e esclarecimentos no telefone: (11) 3046-9393.

    Atenciosamente,
    Equipe de Comunicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *