Suplementação Proteica pós-cirurgia bariátrica: por que é importante?

A cirurgia bariátrica, também conhecida como cirurgia da obesidade, redução de estômago ou gastroplastia, é uma das soluções mais procuradas para o tratamento da obesidade mórbida e de redução de peso e medidas. Entretanto, a preparação e, principalmente, os cuidados após o procedimento devem ser seguidos à risca. A rápida perda de peso vem acompanhada também de perda de massa muscular e, por isso, a suplementação de proteínas pós-cirurgia bariátrica é extremamente importante para bons resultados.

As cirurgias como opções de tratamento para obesidade surgiram na década de 1950, mas se popularizaram no Brasil e no mundo entre o final da década de 1990 e os anos 2000. Com a procura acima da média, surgiram também novos estudos de acompanhamento dos pacientes antes, durante e após o processo cirúrgico. Assim, foi possível identificar todos os gargalos para aumentar ainda mais os benefícios da cirurgia e evitar problemas futuros.

Nesse contexto, a suplementação proteica pós-cirurgia bariátrica mostra-se bastante relevante. Descubra o porquê neste artigo.

A importância da suplementação proteica pós-cirurgia bariátrica

Assim como em qualquer outro procedimento cirúrgico, o pós-operatório deve ser realizado com muita atenção para se obter todos os benefícios possíveis e, naturalmente, acelerar a recuperação do paciente.

Um dos pontos mais importante nesse processo é a ingestão correta de proteínas, já que, após a cirurgia, há mais tendência ao catabolismo, ou seja, uma situação metabólica em que o organismo utiliza suas próprias reservas para repor energia e tecidos desgastados, propiciando a redução da massa magra.

Após a cirurgia, a alimentação é consideravelmente modificada, bem como a quantidade de alimentos ingeridos. Porém, é justamente nessa etapa que o corpo precisa de proteínas. Por outro lado, muitos pacientes não priorizam esse tipo de alimentação, seja pela dificuldade de mastigação ou pela saciedade que esse macronutriente produz.

Devido ao desvio da passagem dos alimentos por uma área de absorção do intestino e também por apresentar menor secreção de enzimas e sucos digestivos, a absorção de alguns nutrientes é modificada. Por isso, em alguns casos, ainda que a alimentação seja realizada corretamente, a quantidade de proteína ingerida apenas nas refeições não mostra-se suficiente, principalmente nos primeiros seis meses de pós-operatório.

A falta de proteínas no corpo pode desencadear uma série de problemas além da perda de massa magra, tais como redução da imunidade, queda de cabelo, enfraquecimento das unhas, etc. Para evitar essas e outras questões, é indicada a suplementação pós-cirurgia bariátrica como forma de complementar a alimentação.

Suplementação proteica pós-cirurgia bariátrica: o que consumir?

Entre as principais indicações, podemos destacar o consumo do Whey Protein isolado e hidrolisado, caseína, albumina, isolado protéico de soja, proteína de arroz e ervilha, entre outras.

O Whey Protein destaca-se devido à sua facilidade de absorção, além de promover mais saciedade. Outros benefícios do suplemento é o alto teor de aminoácidos de cadeia ramificada e o fortalecimento do sistema imunológico.

É importante saber identificar os diferentes tipos de Whey Protein na hora da compra. O isolado é o mais puro e concentrado, com pouca ou praticamente nenhuma gordura e lactose e com mais de 90% de proteína. O concentrado varia entre 29% e 89% de proteína, os com índices mais baixos possuem mais concentração de gorduras e lactose. Já o hidrolisado causa menos reação alérgica e possui mais cadeias proteicas quebradas em peptídeos, sendo uma fonte suplementar de qualidade.

Cabe lembrar de que a dose recomendada de vitaminas deve ser prescrita pelo nutricionista que já acompanha o paciente em todo processo cirúrgico.

Você fez ou irá fazer a cirurgia bariátrica? Então, baixe gratuitamente o e-book Guia pós-cirurgia bariátrica: vivendo com qualidade de vida e saiba quais cuidados são necessários para usufruir de todos os benefícios desse procedimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *