Sleeve Gástrico: O que é e para quem é indicado

O Sleeve Gástrico, também chamado de gastrectomia vertical ou “em manga”, é um dos quatro métodos cirúrgicos aprovados no país pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) para técnicas de cirurgia bariátrica.

Desse modo, ele é uma alternativa de tratamento para a obesidade – uma das principais motivadoras de óbitos evitáveis no mundo.

Neste artigo, descubra mais sobre o Sleeve Gástrico, seus benefícios, contraindicações e outras questões importantes sobre o método.

O que é Sleeve Gástrico?

O Sleeve Gástrico é um tipo de procedimento bariátrico que tende a apresentar resultados bastante satisfatórios. A técnica é recente, porém apresenta uma curva de evolução promissora. 

Em linhas gerais, com essa técnica, se constrói um novo estômago no paciente, em formato semelhante a um tubo fino. Isso é possível por meio da remoção de 70% a 80% do estômago original e do grampeamento da parte restante.

Tudo isso garante uma restrição à ingestão alimentar e à quantidade de alimentos armazenados no estômago. Ainda, proporciona um controle hormonal da fome, favorecendo o controle eficiente de peso pós-procedimento.

Quais são as vantagens desse procedimento?

Entre as principais vantagens do Sleeve Gástrico, podemos citar:

  • Esse procedimento não exclui o duodeno do trânsito alimentar. Com isso, ele não prejudica a absorção de elementos importantes para a saúde – como ferro, cálcio e vitaminas do complexo B.
  • Baixo índice de complicações pós-cirúrgicas.
  • Costuma apresentar eficácia satisfatória para o controle da hipertensão arterial.
  • O Sleeve Gástrico ajuda os pacientes a conseguirem comer menos – e sem prejudicar o processo digestivo normal.
  • Não demanda a rotação do intestino.
  • Não é feito nenhum implante.
  • Pós-operatório tende a ser mais tranquilo e a recuperação mais rápida do que a de outros procedimentos.
  • Se, por algum motivo, o procedimento não for satisfatório, ele pode ser transformado em qualquer outro tipo de procedimento bariátrico autorizado. 

Em que casos ele é indicado? Há contraindicações e desvantagens?

Assim como os outros métodos de cirurgia bariátrica, esse é recomendado quando dieta, exercício físico, medicação e outras opções de tratamento não ajudaram efetivamente na redução do peso do paciente.

Ainda, em casos de pacientes com IMC superior a 35 kg/m2 e com patologias associadas ou para aqueles com IMC superior a 40 kg/m2.

Quanto às contraindicações, esse pode não ser o método ideal para quem tem doença do refluxo gastroesofágico (por, em determinados casos, agravá-la). Para pacientes com Diabetes Tipo 2, geralmente, prefere-se utilizar a técnica Bypass Gástrico.

É importante saber que esse é um método irreversível e que, como qualquer processo cirúrgico, envolve alguns riscos. A fístula junto ao ângulo de Hiss (esofagogástrico), é um exemplo, embora ocorra mais restritamente, assim como a doença do refluxo gastroesofágico. 

Outro ponto importante é que o Sleeve Gástrico apresenta uma perda de peso potencialmente maior do que a do procedimento de banda gástrica ajustável, entretanto, essa tende a ser menor do que a registrada em técnicas como o Bypass Gástrico. 

Como é o pré e o pós-operatório?

No pré-operatório é realizada uma avaliação clínica aprofundada do paciente. Também dá-se início às mudanças nos hábitos alimentares que deverão ser continuadas após o procedimento.

Nesse período, também é feita uma avaliação psicológica do paciente. Aqueles que apresentarem problemas mais graves deverão tratá-los antes de submeterem-se ao procedimento cirúrgico. 

Já o pós-operatório costuma envolver recomendações como ingerir bastante água, evitar exercícios físicos mais extenuantes até a liberação médica para isso, administrar medicamentos (sobretudo para controle de dor) conforme prescrição médica, seguir a dieta feita pelo nutricionista da equipe transdisciplinar, entre outras.

Concluindo, além do Sleeve Gástrico, há outros métodos que podem ser recomendados ao paciente. Por isso, é fundamental contar com o atendimento de um médico especializado para indicar o melhor procedimento para cada caso específico.

Assista mais aqui: Sleeve Gastrectomy (em inglês)

O Instituto de Medicina Sallet tem 20 anos de experiência nesse segmento. Nossa equipe é referência no tratamento clínico e cirúrgico da obesidade, doenças metabólicas e distúrbios do trato digestório.

Para saber mais sobre a alternativa de tratamento trazida pela cirurgia bariátrica, baixe gratuitamente o guia prático que preparamos para você.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *