Qual a diferença entre hipoglicemia reativa e síndrome de Dumping?

A cirurgia bariátrica promove uma série de alterações no corpo, principalmente na forma que os alimentos são absorvidos. Conhecer essas mudanças e possíveis reações do organismo é fundamental para um excelente pós-operatório e melhora na qualidade de vida do paciente bariátrico.

 

Para o paciente que pensa em fazer ou já realizou bariátrica, é muito importante compreender algumas mudanças que acontecem no organismo após a realização do procedimento. Conhecer as possíveis reações do corpo garantem bem-estar, qualidade de vida e melhoram os resultados após a cirurgia bariátrica. 

Duas situações acontecem com moderada frequência em pacientes bariátricos sendo conhecidas como hipoglicemia reativa e síndrome de dumping.
Pacientes bariátricos podem sofrer reações adversas logo após ingestão de alimentos de altos índices glicêmicos. Esses alimentos são capazes de elevar muito e rapidamente a glicose no sangue estimulando o pâncreas a produzir imediatamente grandes quantidades de insulina para controlar a glicemia. A resposta exagerada do organismo pode reduzir drasticamente os níveis de açúcar momentaneamente, provocando a hipoglicemia.

 

O que é a síndrome de dumping?

A síndrome de dumping é uma condição em que os alimentos — em grande parte não digeridos — chegam rapidamente ao intestino delgado. Isso acontece em razão do desvio promovido pela cirurgia bariátrica, como acontece na Gastroplastia com Derivação Intestinal ou Bypass Gástrico. O rápido esvaziamento do conteúdo gástrico para o intestino delgado resulta em um deslocamento de fluido do compartimento intravascular para o lúmen intestinal. Isso pode levar a algumas complicações, incluindo a hipoglicemia.

A síndrome de dumping pode ser classificada como precoce ou tardia, dependendo de quando os sintomas ocorrem em relação ao tempo decorrido após a alimentação. O despejo precoce tende a acontecer de 10 a 30 minutos após uma refeição. Por sua vez, o dumping tardio pode ocorrer de 1 a 3 horas depois da ingestão dos alimentos. 

O que é hipoglicemia reativa?

A hipoglicemia reativa é o termo geral para o quadro de diminuição da quantidade de açúcar no sangue, quando os níveis de glicose sanguínea (glicemia) ficam perigosamente baixos após uma refeição.

Também conhecida como hipoglicemia pós-prandial, as quedas de açúcar no sangue geralmente são recorrentes e ocorrem dentro de quatro horas após a ingestão de alimentos de alto índice glicêmico como doces, massas e refrigerantes.

A hipoglicemia reativa pode acontecer em pessoas com ou sem diabetes e em indivíduos com sobrepeso ou em pacientes que realizaram cirurgia para perda de peso.

Como as condições podem ser tratadas?

Boa parte das pessoas pode gerenciar com sucesso as reações da síndrome de dumping ou da hipoglicemia reativa a partir do conhecimento, ajustes na dieta e melhoria em seus hábitos alimentares.

Entretanto, quando há sintomas graves e que não respondem a essa abordagem, a medicação pode ser uma opção, conforme as recomendações do médico ou nutricionista responsável pelo acompanhamento do tratamento.

Quanto à hipoglicemia reativa, geralmente o tratamento conservador corresponde às mudanças na rotina alimentar. Isso pode incluir a redução na ingestão de carboidratos simples, alimentação fracionada e ingestão de alimentos ricos em fibras, como grãos integrais, frutas e vegetais. Também é importante evitar alimentos e bebidas açucaradas, especialmente refrigerantes ricos em glicose ou sacarose.

A prática de exercícios físicos regulares também pode ser benéfica para quem sofre dos sintomas. Afinal, a atividade física aumenta a absorção de açúcar que, por sua vez, diminui a liberação excessiva de insulina.

Saiba que os sintomas da hipoglicemia reativa ou da síndrome de dumping não podem tirar de você os benefícios da realização de sua cirurgia bariátrica. É importante manter-se atento, investir em bons hábitos alimentares e seguir as recomendações da equipe transdisciplinar responsável por seu tratamento. O Instituto Médico Sallet está com você em todas as etapas. Conte conosco!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *