Por que a borboleta é o símbolo da bariátrica?

A borboleta é um elemento associado à transformação e à mudança de vida. No universo da cirurgia bariátrica, essa força simbólica está presente para representar questões como as alterações proporcionadas pelo processo de emagrecimento.

A borboleta tem sido vista como um símbolo de transformação, esperança e mudança por milhares de anos. Especialmente porque ela passa por muitos ciclos de vida – da larva à lagarta, à crisálida e, finalmente, à uma linda borboleta que voa livre.

Assim como esse ser vivo, quem se submete ao processo cirúrgico também passa por diferentes etapas em um processo de mudança de vida para melhor.

Com isso, para cada fase da metamorfose da borboleta, há uma mudança equivalente do paciente que passa pelo procedimento cirúrgico.

Quais são as fases de mudança de vida da bariátrica?

A começar pela fase em que a larva se esconde dos predadores para não ser devorada, assim também os pacientes obesos podem se reservar para fugir de estigmas e rejeições.

Nesse primeiro estado, a situação pode se complicar se a pessoa decidir lidar com seus medos, receios e frustrações por meio de compulsão alimentar, deixando de lado os cuidados com a saúde física e mental.

A próxima fase da borboleta é ficar no casulo, sem o mínimo de ação, esperando por sua transformação. Já o paciente obeso pode se esconder atrás da televisão, jogos e qualquer atividade que o deixe imóvel e sedentário.

Além disso, costuma evitar qualquer tipo de contato com outras pessoas e pode desenvolver transtornos e doenças que tornem a comunicação ainda mais difícil.

Mover-se para a próxima fase é uma escolha desse paciente, porém não é a parte mais fácil do processo. Da mesma forma que acontece com a transformação da lagarta em borboleta, o processo de ficar no casulo é solitário e doloroso.

Escolher ter uma vida saudável, livrar-se de doenças desenvolvidas com o ganho de peso e conectar-se novamente a pessoas não é um passo fácil, mas precisa ser dado para que a recompensa chegue.

Para a última fase, o foco é a principal condição da transformação. Ser uma borboleta requer um período longo que não tem como ser evitado, mas que traz as maiores oportunidades que a lagarta nem sonhava em ter: beleza, admiração, liberdade e asas para ir para onde quiser.

Assim também funciona com o paciente obeso, que passa pelo período de decisão e começa sua dieta, treino e mudança de vida para progredir no processo com a bariátrica que irá mudar sua condição para melhor.

Quais são os benefícios da bariátrica para uma vida leve e saudável?

Assim como a borboleta ganha asas e visibilidade em um mundo que a ignorava quando lagarta e a esqueceu como casulo, com a bariátrica, o paciente conquista uma nova fase de vida com mais saúde e oportunidades.

A busca pela metamorfose será a recompensa pelos momentos difíceis, solitários e dolorosos. A borboleta não volta a ser lagarta, uma vez borboleta, ela colore e alegra o dia de quem a vê; uma mudança que segue o mesmo padrão na vida do paciente bariátrico.

Por isso, diz-se que borboletear é viver de forma mais leve, ativa e sadia. A liberdade da mudança de vida é ser quem você quer e sentir-se confiante, é ter vontade de interagir e socializar com os outros sem medos e conduzir sua vida sem restrições trazidas pelas obesidade.

Como vimos, a cirurgia bariátrica é um processo de mudança de vida realmente transformador. Conheça a equipe multidisciplinar do Instituto de Medicina Sallet, agende uma consulta e comece a se planejar para celebrar uma nova fase de mudanças para melhor em sua vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *