Entenda as diferenças entre a cirurgia bariátrica aberta e fechada

Entenda as diferenças entre a cirurgia bariátrica aberta e fechada

Você já ouviu falar em cirurgia bariátrica aberta e fechada? Antes de compreender a diferença entre elas, é importante saber que o conceito dos procedimentos é basicamente o mesmo, bem como os seus resultados.

As duas modalidades existem para a realização da cirurgia bariátrica e é o médico especialista, junto à equipe transdisciplinar, quem decide qual é o melhor procedimento de acordo com as particularidades de cada caso.

No Brasil, o Conselho Federal de Medicina reconhece e aprova quatro métodos cirúrgicos: Bypass Gástrico, gastrectomia vertical – conhecida como sleeve – , banda gástrica ajustável e duodenal switch. As duas últimas modalidades já são pouco utilizadas. Além disso, o CFM também considera o uso do balão intragástrico como terapia adicional ao tratamento de obesidade.

No artigo de hoje, compreenda melhor essas questões e tire suas dúvidas sobre as diferenças entre a cirurgia bariátrica aberta e fechada. Acompanhe a seguir. 

Diferenças entre cirurgia bariátrica aberta e fechada

Apesar de a cirurgia ser praticamente a mesma, a diferença se dá na via de acesso. Na laparotomia, conhecida popularmente como cirurgia aberta, uma cavidade abdominal, que pode ser pequena ou alcançar todo o comprimento da região, é aberta para acessar os órgãos internos. Por se tratar de uma cirurgia mais invasiva, seu processo de recuperação é mais lento.

Já quando falamos em cirurgia fechada, nos referimos à laparoscopia, na qual são realizados pequenos furos no abdômen para que o instrumento e uma pequena câmera sejam introduzidos no corpo, com o intuito de transmitir imagens em alta resolução para que o cirurgião faça as intervenções necessárias e, inclusive, possa gravar imagens para estudos posteriores. Esse procedimento é chamado também de videolaparoscopia.

Ambos os tipos de cirurgia bariátrica exigem anestesia geral e, obrigatoriamente, devem ser realizados em centros cirúrgicos.

Cabe ressaltar que a videolaparoscopia tem alcançado a preferência de muitos médicos e pacientes por se tratar de um método menos invasivo, mais moderno e seguro, além de proporcionar uma recuperação mais rápida.

Levando em consideração que as feridas são menores se comparadas com as da cirurgia bariátrica aberta, o risco de infecção também diminui consideravelmente.

Importante: encontre uma equipe médica de confiança para sua cirurgia bariátrica

Independentemente de qual método será utilizado em sua cirurgia bariátrica, encontrar um cirurgião e uma equipe transdisciplinar de confiança é requisito de ordem. Uma bateria de exames deve ser realizada para que o processo seja feito com segurança, bem como o acompanhamento individual e personalizado com outros profissionais como nutricionista, endocrinologista, psicólogo, entre outros. Isso garante um pré e pós-operatório mais tranquilos e um procedimento cirúrgico mais seguro e eficiente.

Por fim, ressaltamos que é extremamente importante seguir todas as recomendações médicas antes de submeter-se a qualquer um dos procedimentos.

Para saber mais sobre o tema, confira o artigo que preparamos sobre como é feita a escolha do tipo de cirurgia ideal, tire suas dúvidas e esteja mais seguro e preparado para realização do seu procedimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *