Cuidados com a alimentação nas festas de fim de ano

Cuidados com a alimentação nas festas de fim de ano - Sallet

A chegada das festas de fim de ano é, muitas vezes, um álibi para se sabotar a dieta. Isso porque elas são vistas como sinônimo de fartura e variedade de pratos. Mas, para aqueles que precisam emagrecer ou de cuidados com a alimentação, seja por questões de saúde ou estética, é possível manter o controle sem deixar de aproveitar esses momentos.

Festa de confraternização, amigo secreto, happy hour, ceia de natal, férias… De fato, tantos encontros atípicos e fora da rotina podem interferir no cuidado com a alimentação e dieta, mas é importante manter os hábitos e não exagerar para não desregular o organismo ou retroceder os resultados.

Para saber mais sobre como fazer isso, continue a leitura do artigo de hoje!

Festas de fim de ano: dicas e cuidados com a alimentação

Esse período é caracterizado por um cardápio mais exótico e variado, que acaba sendo uma tentação para quem está tentando manter uma alimentação equilibrada e reduzir o peso. Para lidar com esse cenário, há algumas boas práticas. Entre elas, estão:

1. Beber bastante água

Independentemente da época do ano, beber água é primordial para quem deseja se manter saudável e, principalmente, para auxiliar no processo de emagrecimento. Caso haja ingestão de bebidas alcoólicas, o consumo simultâneo de água é recomendado.

2. Não ficar muitas horas sem comer

Se você já adota hábitos saudáveis, provavelmente se alimenta com pequenas porções de três em três horas. Então, mantenha esses cuidados com a alimentação nas festas de final de ano para que seu metabolismo funcione corretamente e a fim de que, no momento das refeições, você evite consumir grandes quantidades.

3. Analisar as opções

Seja em uma festa na casa de um amigo ou em uma confraternização laboral, analise as opções antes de fazer o seu prato. Opte pelas alternativas mais saudáveis ou menos calóricas. Lembre-se de que a dica aqui é “desembalar” menos e “descascar” mais e de que quanto mais colorido for o seu prato, mais saudável ele será.

4. Começar pela salada

A salada como prato de entrada deve ser regra para aqueles que desejam emagrecer. Folhas, verduras e legumes devem ser ingeridos em maiores quantidades. Isso porque, além de serem mais saudáveis, você acaba deixando menos espaço no prato e no estômago para os demais alimentos.

5. Fazer substituições inteligentes

Um bom truque para não sair comendo de tudo na ceia de Natal é não ir ao evento com fome. Então, distribua bem as refeições ao longo do dia. Assim, será mais fácil controlar e tomar os devidos cuidados com a alimentação durante a festa.

Na hora da comemoração, valem as boas escolhas. Evite ou não exagere nas bebidas alcoólicas, pois são extremamente calóricas; troque a carne vermelha pela carne branca (muitas vezes, elas são as protagonistas da mesa); prefira água ou suco ao refrigerante; oleaginosas como castanhas e nozes são bem-vindas; na hora da sobremesa, dê atenção às frutas.

Esqueça a ideia de comer um pouco de tudo. Escolha, sem exageros, o que mais tem vontade de comer e monte seu prato com base nisso e no que fará melhor para você.

6. Ter um plano para lidar com exageros

Nada de compensar o exagero ficando sem comer. Após a ceia, retome a rotina e os cuidados com a alimentação e não pule refeições para ativar o metabolismo. Vale abusar dos legumes, das verduras e de algumas frutas no dia seguinte, além de praticar atividades físicas.

Se você tem uma alimentação saudável ou quer se alimentar melhor, tire todas as suas dúvidas sobre o tema em nosso e-book gratuito sobre alimentação saudável.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *