Anemia pós cirurgia bariátrica: causas e como evitar

Anemia pós cirurgia bariátrica- causas e como evitar

A cirurgia bariátrica possibilita uma série de mudanças na vida do paciente. Naturalmente, os efeitos na estética e na autoestima são excelentes ganhos. No entanto, o período pós-procedimento também traz consigo uma demanda de cuidados para a manutenção dos benefícios e da saúde do paciente.

Entre eles, estão os cuidados para evitar a anemia. Isso porque os pacientes submetidos à cirurgia bariátrica podem desenvolver deficiências nutricionais com mais facilidade, devido à limitação na ingestão e à dificuldade de absorção dos nutrientes. A partir disso, a anemia é um dos problemas mais frequentes nesses casos.

Neste artigo, descubra mais sobre essa questão e veja dicas para evitar a anemia pós-cirurgia bariátrica. Acompanhe a seguir.

Por que é comum ter anemia depois de fazer cirurgia bariátrica?

A cirurgia bariátrica é um processo invasivo que exige cuidados e mudanças de hábitos para que o paciente tenha uma vida saudável e atinja seus objetivos estéticos. A alimentação, por sua vez, é o carro-chefe tanto para a preparação para a cirurgia quanto depois do operatório. 

As pessoas obesas, normalmente, já apresentam deficiências nutricionais, devido à baixa qualidade nutricional dos alimentos ingeridos. Em obesos mórbidos, por exemplo, é comum observar, principalmente, a falta de vitaminas D, B12, B1, de ferro e zinco.

E, ao realizar a cirurgia bariátrica, devido à limitação na ingestão e à dificuldade na absorção de diferentes nutrientes, o risco de desenvolver deficiências nutricionais torna-se ainda maior. A falta de ferro, por exemplo, relatada por mais de um terço dos pacientes que foram submetidos à cirurgia, pode desencadear anemia.

É importante ressaltar que anemia se refere a um nome genérico para um conjunto de condições caracterizadas pela deficiência na concentração da hemoglobina (presente no sangue com a função de transportar oxigênio dos pulmões para nutrir todas as células do organismo) ou na produção das hemácias (eritrócitos ou glóbulos vermelhos).

Entre os sintomas mais comuns dessa condição, podemos destacar: cansaço, fadiga, perda de memória, tontura e fraqueza.

Como tratar o caso de anemia pós-cirurgia bariátrica?

O primeiro grande passo para tratar anemia e outros problemas e complicações que podem surgir pós-cirurgia bariátrica é realizar corretamente o acompanhamento com equipe transdisciplinar. Consultar-se periodicamente e realizar todos os exames e recomendações vindas do nutricionista, psicólogo, endocrinologista e todos os médicos envolvidos nesse processo são ações fundamentais.

Complementar a alimentação com suplementações orais ou endovenosas é uma boa alternativa para fazer reposição de ferro e outros nutrientes. Vale ressaltar que a suplementação de vitaminas ou minerais deve ser realizada no caso de diagnóstico de deficiência nutricional ou quando há a intenção de diminuir a interação com outros nutrientes que prejudiquem sua absorção. Por isso, ela deve ser prescrita pelo médico que acompanha o paciente.

Ainda, após a cirurgia bariátrica, é necessário fazer uma dieta balanceada, de acordo com as instruções e recomendações médicas, a fim de minimizar riscos de saúde e para garantir os efeitos conquistados a partir do procedimento.

Quer saber mais sobre o processo pós-operatório da cirurgia bariátrica? Então, baixe o guia que preparamos para você!

7 comments on “Anemia pós cirurgia bariátrica: causas e como evitar

  1. Boa tarde, eu Michelle Gomes da Silva, fiz a cirurgia bariátrica aí com vocês da clínica Sallet, gostaria de fazer um acompanhamento com todos os médicos pós cirurgia, pois, hoje tenho anemia e outras coisas a mais…
    O meu convênio hoje é NotreDame advance 600, vocês atendem??

  2. Olá, Lúcia!

    Como vai?

    Agradecemos o seu contato.

    Nestes casos, sugerimos que agende uma nova avaliação para iniciar um acompanhamento com uma equipe especializada.

    Havendo qualquer necessidade ou interesse, nos colocamos inteiramente à disposição.

    Atenciosamente,

    Equipe de Comunicação.

  3. Boa tarde, Rosilda!

    Tudo bom?

    É preciso buscar acompanhamento para avaliar seus exames bioquímicos e descobrir qual possível deficiência nutricional que pode estar levando a essa queda. Sobre o reganho de peso também será trabalhado com a organização dos seus hábitos alimentares e prática de exercícios físicos.

    Estamos disponíveis para maiores esclarecimentos e atendimento através do telefone: (11) 3046-9393.

    Atenciosamente,
    Equipe de Comunicação.

  4. Boa tarde, Laerte.

    Tudo bom?

    É importante investigar seu caso individualmente. É preciso buscar uma equipe especializada para te avaliar e investigar as possíveis causas desse mal-estar.

    Fique atento à qualidade da sua alimentação, que é de extrema importância. Não deixe de fazer uso do suplemento proteico e manter boa hidratação, tanto a desidratação como o baixo consumo proteico pode levar ao cansaço e fadiga.

    Estamos disponíveis para maiores informações e esclarecimentos no telefone: (11) 3046-9393.

    Atenciosamente,
    Equipe de Comunicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *